Trabalhos temporários e parciais já são 15,5% dos postos gerados no País

Foto: Jana Pessoa (Setas/MT)

Os contratos de trabalho intermitente e parcial (que não excede 30 horas semanais) já são responsáveis por gerar 15,5% dos postos com carteira assinada entre novembro de 2017 e abril de 2019. É o que mostra um levantamento inédito do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea), divulgado ontem.

No caso do trabalho intermitente, 49,2% dos postos geradas no período foram alocados no setor de serviços, especialmente nos segmentos de alimentação e transportes, enquanto 27,6% foram criadas no comércio. Em relação aos contratos com jornada parcial, 56,8% dos postos estão no setor de serviços, principalmente nas áreas de educação e alimentação, e 29% no comércio.

A pesquisadora do Ipea, Maria Andreia Parente Lameiras, chama a atenção para o fato de que a maioria dos postos intermitentes (42,6%) e parciais (45%) está localizada nas micro e pequenas empresas com até 19 funcionários. “Aqui estamos falando, por exemplo, de pousadas e pequenos restaurantes que têm um movimento maior de sexta a domingo; do auxiliar de cozinha que tem mais oportunidade de trabalho aos finais de semana”, destaca Lameiras.

Trechos da matéria publicada no DCI. Clique aqui e leia a notícia completa.

#trabalho #trabalhointermitente #trabalhoparcial #emprego

Autor: Marcelo Nieves Ribeiro

Paulista, jornalista e contador. Atualmente, diretor executivo da EPG Consultoria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s