Air France compensará emissões CO2 dos voos domésticos a partir de 2020

A Air France compensará com investimentos ecológicos as emissões de CO2 geradas por seus quase 500 voos domésticos diários, anunciou Anne Regail, diretora geral da companhia aérea, em uma entrevista ao jornal Le Parisien.

A principal companhia aérea francesa também pretende suprimir o uso de plástico descartável a partir de janeiro e começar a selecionar e reciclar os resíduos a partir do mesmo mês, de acordo com Rigail.

“A maneira de compensar será financiando projetos de plantio de árvores, de proteção das florestas, de transição energética ou de conservação da biodiversidade”, revelou a diretora.

*Trechos da matéria publicada no site “Isto É Dinheiro”.

**Foto: AFP.

Rede Giraffas troca 120 lojas de lugar para conseguir voltar a crescer

Há três anos, a rede Giraffas teve de parar para organizar a casa. Ao olhar suas 400 lojas espalhadas pelo País, a empresa percebeu que algo não estava certo: havia muitas unidades com resultado abaixo do esperado. Foi preciso fazer um trabalho de “formiguinha”, segundo o fundador, Carlos Guerra. Só assim seria possível separar os pontos que deveriam permanecer abertos dos que deveriam ser abandonados. De 2016 para cá, a rede só abriu lojas à medida que fechava operações deficitárias.

O aumento no número de lojas deverá ocorrer na esteira de uma série de mudanças. Entre elas, a modificação do cardápio – para dar mais ênfase aos pratos completos e elevar o valor médio pago por cliente para R$ 28 – e a escolha de novos pontos com maior fluxo de pessoas.

O resultado das mudanças deve aparecer na linha da receita em 2019. No ano passado, o Giraffas teve faturamento de R$ 675 milhões. Agora, projeta crescimento acima da inflação – e do resto do setor –, para R$ 740 milhões (um avanço de quase 10%).

Caso se confirme, o resultado será o suficiente para o Giraffas colocar o pé mais fundo no acelerador ao longo do ano que vem. Dependendo do comportamento da economia, a companhia deverá fechar 2020 com um total de 440 a 450 lojas.

*Trechos da matéria publicada no “Estadão”.

**Foto: autoria desconhecida.

Rival da Netflix, serviço da NBCUniversal vai se chamar Peacock

A empresa NBCUniversal, da Comcast, anunciou nesta última terça-feira, 17, que o nome do seu novo serviço de streaming será Peacock (pavão, em tradução do inglês). A plataforma deve ser lançada em 2020, com uma variedade de conteúdos originais, como a série Dr Death, estrelada pelo vencedor do Globo de Ouro Alec Baldwin.

O serviço da NBCUniversal entrará em um mercado competitivo, que já tem nomes como Netflix e Amazon Prime Video. Em breve, serão lançados também o Disney+, da Walt Disney, e o Apple TV+.

*Trechos da matéria publicada no “Estadão”.

**Foto: autoria desconhecida.